Menu

COMO VIAJAR PODE AJUDAR NA SUA SAÚDE MENTAL E PAZ DE ESPÍRITO? SAIBA ESCOLHER TUDO PARA UMA BOA VIAGEM, DESDE O DESTINO ATÉ O SEGURO VIAGEM

março 21, 2019 - Uncategorized
COMO VIAJAR PODE AJUDAR NA SUA SAÚDE MENTAL E PAZ DE ESPÍRITO? SAIBA ESCOLHER TUDO PARA UMA BOA VIAGEM, DESDE O DESTINO ATÉ O SEGURO VIAGEM

Vivemos em uma constante busca de paz de espírito, tranquilidade e equilíbrio. No entanto, conciliar trabalho, casa, filhos, família e uma boa saúde mental nem sempre é tarefa fácil. 

Pesquisas tem mostrado o quando “desligar-se” do mundo por um período determinado pode ser positivo para quem está em busca de equilíbrio. Algumas pessoas praticam yoga, meditação, esportes, terapias e outras, simplesmente viajam. 

Viajar pode ser uma terapia ideal nessa busca. Mas, para isso, é essencial escolher com cuidado todos os detalhes da mesma, para que nada te tire dos eixos.

Conheça agora dicas fundamentais para viajar com toda a tranquilidade. 

DESTINO

Há vários destinos, pelo Brasil e pelo mundo, conhecidos pelos belos e calmos destinos, dignos do paraíso. Não importa se sua preferência é por praias, campo ou cidades, há opções para todos. Busque por um destino que se encaixe no seu bolso e nos seus gostos. Vale a pena pesquisar o que de melhor cada um tem a oferecer, e somente então fazer a sua escolha. 

Em busca de relaxamento e tranquilidade, muitos viajantes optam pelos SPAs e resorts, que além do serviço personalizado e de excelência, ainda costumam oferecer experiências inesquecíveis como massagens com pedras, banhos relaxantes e meditação. 

PASSAGENS

Para evitar estresse e ainda economizar, compre com antecedência. Fora da alta temporada os preços são ainda menores. Detalhes como horário do voo e número de conexões ajudam a economizar ainda mais. Nesta etapa a internet é uma grande aliada. Pesquise em diversos sites e companhias aéreas e encontre a melhor opção. 

SEGURO VIAGEM

Este não é um item obrigatório em todos os destinos, mas ainda assim é recomendado que seja contratado, tanto para viagens nacionais, quanto nas internacionais. Há casos, como na maioria dos países da Europa e da União Europeia em que o seguro viagem é obrigatório. No seguro para a Europa deve conter uma cobertura mínima de 30mil euros, que serão utilizados para cobrir possíveis despesas médicas ou hospitalares, já que por lá não há sistema público de saúde. Não o ter em mãos pode causar problemas maiores, podendo ser inclusive ser barrado na imigração. Melhor não arriscar, não é mesmo?!

Segundo a Assistente de Viagem (www.assistentedeviagem.com.br), esse seguro passou a ser obrigatório desde que foi assinado o Acordo de Schengen, que permite a livre entrada e circulação nos países membro por um período máximo de 90 dias. Em contrapartida o seguro é exigido. 

Mas isso não deve ser visto como algo negativo pelos viajantes, já que, além das coberturas citadas, há uma série de outras que ajudam, e muito, nas horas de maior necessidade. Ter as malas extraviadas é um problema bem comum e que pode acontecer com qualquer pessoa, afinal, são milhares de pessoas diariamente nos aeroportos.

Em situações como estar, basta acionar a seguradora ligando na assistência 24 horas e informando o ocorrido. A mesma entrará em contato com a cia aérea solicitando a localização e devolução das bagagens. Para não atrapalhar ou interromper a viagem, os passageiros podem ser indenizados no valor contratado.

E este não é o único benefício, há vários outros como assistência médica e hospitalar, farmacêutica, despesas advocatícias, entre outros. Assim, você poderá aproveitar melhor cada momento da viagem para descansar, relaxar e reestabelecer o seu equilíbrio.