Menu

Endometriose: o que você precisa saber

março 23, 2020 - Uncategorized
Endometriose: o que você precisa saber

Você sente intensas cólicas menstruais que só pioram com o tempo, sente dores durante as relações sexuais, mudanças no seu intestino durante o período da menstruação? Saiba que você sofrer de endometriose.

A endometriose é uma doença que atinge as mulheres em sua fase reprodutiva, ou seja, desde a primeira menstruação até a menopausa. Ela ocorre quando o tecido do endométrio, que recobre toda a parte interna do útero, surge em outros locais se não o seu local habitual.

Este tecido tem por função fazer com que o embrião se fixe na parede do útero, aguardando a fecundação. Quando esta não acontece, este tecido escama-se e é expelido junto a menstruação. Quando o tecido gruda em outro lugar, como, por exemplo, no ovário, ele cresce normalmente, como cresceria no endométrio, e quando ocorre a menstruação, um cisto de sangue é formado dentro do ovário.

Porém, o tecido do endométrio pode grudar em outros lugares, como na barriga, bexiga e, até mesmo, no intestino.

  1. Tipos de endometriose

Existem vários tipos de endometriose, aqui citaremos alguns deles:

Este é o tipo mais comum da doença. Ela causa lesões desde a parede abdominal até o diafragma, podendo afetar órgãos como bexiga e as paredes do intestino. Os sintomas da endometriose intestinal são: sangramento pelo ânus durante a menstruação; dificuldades para evacuar; dor na parte debaixo do abdome; diarreia persistente; náuseas e vômitos; e sangue nas fezes. Já os sintomas da endometriose na bexiga são: irritação na bexiga; vontade de urinar com frequência e urgência; dor quando a bexiga está cheia; dor pélvica; e sensação de dor ou ardência ao urinar.

Este tipo de endometriose se manifesta através de cistos ou nódulos, que são formados quando o tecido se aloja no ovário durante a menstruação. Dependendo do tamanho dos cistos, a mulher pode até mesmo vir a ficar estéril, por isso a importância do acompanhamento ginecológico regular, para detecção destes nódulos e retirada dos mesmos o quanto antes.

Este é o tipo que mais prejudica a saúde da mulher, sendo os seus sintomas mais intensos e mais frequentes. Ele alcança o peritônio de maneira mais profunda, com mais de meio centímetro de profundidade. Pode afetar também a bexiga, vagina, apêndice, intestino e, até mesmo, os pulmões.

São necessários exames de imagem para confirmação do diagnóstico, como ultrassonografia transvaginal com preparo de intestino e a ressonância magnética.

  1. Sintomas da endometriose

A endometriose é uma doença sintomática e dolorosa. Veja alguns sintomas mais comuns da doença:

  1. Tratamento

O tratamento é feito com medicamentos que visam amenizar as dores da paciente, como:

Se você possui alguns dos sintomas citados, procure o seu ginecologista, e converse com ele sobre seus sintomas. Cuide de você!